Estrangeiros em destaque na nova categoria do Prêmio VIHP




Nesta edição de 2014, o Prêmio VIHP – Very Important Hotel Professional conta com uma novidade: além de premiar os profissionais que se destacaram por sua atuação no mercado hoteleiro, também abre um espaço somente para gerentes gerais estrangeiros de hotéis brasileiros. A nova categoria foi criada após o visível interesse dos executivos estrangeiros em participar das edições anteriores e buscando uma maneira mais igualitária de avaliação. Além de mostrar seu comprometimento com o mercado brasileiro - sua nova "casa" -, a premiação também é uma forma de reconhecimento da atuação destes importantes profissionais, e mostra como o Brasil está aberto para eles. Em anos anteriores, os estrangeiros já haviam marcado presença na premiação: o francês Michel Chertouh venceu na categoria Gerência Geral de Hotéis e Flats na primeira edição; o italiano Giancarlo Pochettino recebeu o prêmio de Gerência de Alimentos & Bebidas na segunda edição, que também premiou a portuguesa Ana Teresa Natal Garcia de Matos como Gerente de Hospedagem e o francês Alban Dutemple na categoria Gerência Geral Hotel Upscale. No ano passado, o francês Philippe Godefroit foi o vencedor em Gerência Geral Hotel – Upper Midscale.

Neste ano, estão reunidos na nova categoria o uruguaio Alejandro Irazábal Ávila, hoje gerente geral do Mercure Rio de Janeiro Botafoto. Formado pela Escola Superior de Hotelaria do Uruguai, ele tem em seu currículo atuações no Hyatt Recency de Santiago (Chile), ibis Montevideo (Uruguai) e nos brasileiros InterContinental Rio (hoje Royal Tulip) e Mercure Brasília, entre outros. Outro finalista é o português Emanuel José Moreira de Freitas, à frente do Dom Pedro Laguna desde 2010, quando chegou no Brasil. Em Portugal, atuou no Dom Pedro Golf, Dom Pedro Marina, Dom Pedro Portobelo e Meia Praia Beach Club, além do Tivoli Lisboa. Completa a lista de concorrentes o franco-suíço Marc Balanger, gerente geral do Prodigy Berrini. Formado da escola de Lausanne, na Suíça, ele acumula 20 anos de carreira na América do Sul, tendo começado no Caesar Park Ipanema, passado por diferentes unidades da Accor no Brasil, Equador e Argentina. Ele também esteve na liderança da conversão do Pullman São Paulo Ibirapuera. Além deles, outra categoria deste ano conta com a participação de um estrangeiro: o português Manuel Simão Barreto Teixeira é um dos concorrentes em Gerência Geral de Resorts. Como a categoria de meio de hospedagem analisada é diferente, o executivo não compete com seu conterrâneo e os outros finalistas estrangeiros, mas sim com outros gerentes de resorts. VIHP Em sua quarta edição, o Prêmio VIHP – Very Important Hotel Professional entregará os troféus dos selecionados no próximo dia 7 de abril, no Terraço Itália, em São Paulo. A escolha final dos vencedores do Prêmio VIHP é feita por uma banca julgadora, composta por pessoas que não tenham ligação com os concorrentes de cada categoria e que sejam familiarizados com a hotelaria, que já conheçam o mercado e até tenham muita experiência no assunto. O evento conta com o apoio da FBHA (Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação), ABIH-SP (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado de São Paulo), ABIH Nacional (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis), Fohb (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil), Resorts Brasil, ABG (Associação Brasileira de Governantas), SPCVB (São Paulo Convention & Visitors Bureau) e Senac.