Prêmio VIHP motiva profissionais a incrementar carreira




Todos os anos, o Prêmio VIHP (Very Important Hotel Professional), reconhece os melhores profissionais em posição de liderança no mercado hoteleiro nacional, destacando os profissionais que mais investiram em suas carreiras. Neste ano, cerca de 700 pessoas se inscreveram em 17 categorias e, dentre os finalistas, 18 hoteleiros foram reconhecidos pelo trabalho desenvolvido ao longo de 2013.  A iniciativa, que em 2014 chega a sua quarta edição, pode ser um importante espaço de visibilidade de talentos para o mercado. Para quatro dos profissionais que não foram premiados durante edições anteriores, inserir-se no âmbito acadêmico e investir em especializações e línguas são possíveis caminhos a serem seguidos na carreira, auxiliando o profissional a manter a competitividade. É o exemplo de Luciana Araújo, que foi finalista em 2012 na categoria Gerência de Governança, mas não conseguiu o mesmo feito em 2013.  Governanta no Pullman São Paulo Ibirapuera, na capital paulista, a profissional destaca que o que mais lhe chamou a atenção entre suas concorrentes foi a quantidade de participantes que possuíam especialização e pós-graduação.  “O perfil das profissionais que atuam na área têm mudado muito ao longo dos anos. Muitas delas possuíam também línguas complementares, dois ou três idiomas. Senti que faltava aquilo em mim. Eu penso em fazer uma pós-graduação em Gestão de Pessoas, um complemento que me ajudaria na área onde eu atualmente trabalho e pretendo permanecer”, disse ela, que já tem título de especialista em Hotelaria pela USP (Universidade de São Paulo).

Ao contrário de Luciana, Carlos Sabato, também finalista em 2012, já colocou seus planos de extensão acadêmica em prática. Devido à comparação com o currículo dos colegas da categoria Gerencia Geral, Sabato atentou-se para a necessidade de complementar sua formação e ingressou recentemente no mestrado em Medicina. Embora a área seja um pouco distante da hotelaria, o executivo afirma haver uma simbiose entre as duas. “Dentro do mestrado estou desenvolvendo uma pesquisa sobre controle de qualidade de alimentos produzidos em hotéis, manipulação, cuidados e procedimentos em relação ao produto e a saúde de quem consome”, destacou. "Somente com a atualização podemos estar ativos em um mercado tão disputado e concorrido", completou.

Durante o período em que disputou o prêmio, o gerente geral trocou de emprego, mantendo o mesmo cargo, na rede Estanplaza - onde ficou até o último mês de setembro. Acredito que o Prêmio VIPH contribui para melhor exposição do profissional, serve para qualificar e valorizar os que investem no desenvolvimento profissional e acadêmico”, opinou.

 

Ao receber o comparativo dos participantes com os quais estava concorrendo, Osvaldo Julio Neto, atualmente gerente geral do Bourbon Convention & Spa Resort Cataratas do Iguaçu, no Paraná, também sentiu que em seu currículo havia uma lacuna muito maior do que ele imaginava. Candidato na categoria Gerente Geral de resorts, Julio Neto não foi finalista nas duas primeiras edições, mas conquistou esse feito em 2013, ao incrementar sua formação acadêmica e investir em cursos de idiomas. “Eu percebi que os concorrentes além do inglês e espanhol, possuíam cursos de línguas como italiano e francês, ou seja, eles saiam dos idiomas convencionais. Hoje eu falo francês e estou fazendo aulas de árabe e italiano”, disse.

Além disso, o executivo concluiu, no ano passado, um pós-graduação em Gestão de Negócios pela ESAB (Escola Superior Aberta do Brasil), e atualmente cursa especialização em Projetos. Mesmo assim, ele afirmou não estar  satisfeito. “Quando concluir este curso, já estou pensando em uma próxima formação, desta vez em Gestão de Pessoas”, enfatizou.

 

Não tão diferente dos outros concorrentes, Márcio Delgado - finalista na edição 2013 entre a categoria Gerente Geral -, após sua participação, também se sentiu motivado na busca em novos desafios. Hoje, o profissional já sente os reflexos da visibilidade de seu nome e esforço. “O prêmio me influenciou a buscar novos conhecimentos e a superar desafios. Justamente com este espírito mudei de empresa e de cidade, na qual venho me destacando na gestão do InterCity João Pessoa, na Paraíba. Além disso, em  agosto fui indicado a ser o responsável pela aquisição de outra unidade na cidade para a rede”, completou.

As inscrições para a edição 2014 do Prêmio VIHP estão abertas até o dia 31 de dezembro desse ano. Os interessados devem preencher o formulário disponível no site do prêmio. Além disso, é possível indicar profissionais, também por meio do site. A iniciativa tem apoio das ABIH Nacional e ABIH-SP (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis), Fohb (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil), Resorts Brasil, SPCVB (São Paulo Convention & Visitors Bureau), ABG (Associação Brasileira de Governantas), Senac e da FBHA (Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação).